Entenda o que é music branding:

Antes de esclarecer o conceito na íntegra, vamos explicá-lo por partes.

O branding é a estratégia empregada para gerir a imagem de sua marca. Por meio dele, o seu público acaba construindo uma representação e opinião positiva sobre seus negócios, e ainda consegue demarcar a diferenciação de sua empresa com os seus concorrentes.

Já o marketing sensorial é um conjunto de ações que utiliza os sentidos para que seus clientes “conectem” a sua marca a uma determinada fragrância, gosto ou sonoridade. Quando você trabalha apropriadamente o aroma e a iluminação de sua loja, você já está trabalhando com o marketing sensorial.

E quando você aproveitar o som junto com as ideias que deseja imprimir à sua marca, estará desenvolvendo estratégias de music branding. Em outras palavras, vai lidar com um conjunto de músicas, que serão definidas de acordo com a sua marca e com os objetivos que você quer alcançar no mercado e com seu público-alvo.

Saiba como usar o music branding:

Existem várias formas de utilizar o music branding no varejo. Ao planejar e criar uma estratégia baseada nessa ferramenta, ela necessita ser muito bem analisada para conseguir os resultados esperados. Conheça algumas formas de utilizá-la:

Para criar identidade para a sua marca

Já se deu conta de que em algumas empresas sempre estão tocando o mesmo tipo de música ou som? Isso é feito para que você identifique aqueles estilos musicais com o posicionamento da empresa no mercado.

Geralmente, a playlist escolhida é determinada com base nas concepções e ideários que uma dada marca quer transmitir para o seu consumidor. Ela também está diretamente ligada com o público-alvo que se deseja atingir.

Por exemplo: uma marca juvenil deverá aproveitar músicas juvenis, como o pop, o rock ou algo mais moderno. Entretanto, uma empresa que trabalha com trajes sociais deverá optar por um som clássico e/ou de leve música ambiente.

Para aumentar as suas vendas

Estudos comprovam que a música ajuda no tratamento de algumas doenças, aumenta a sua produtividade, e também pode ser uma grande aliada na hora de aumentar as suas vendas. Ela é extremamente útil dentro do ponto de venda, pois é ali que os consumires decidem se vão comprar ou não as mercadorias que estão visualizando. As músicas que estão tocando podem influenciar em sua decisão de compra.

Não existe um tipo de música específico que vai aprimorar os seus resultados rapidamente. Mas é sabido que as playlists mais agitadas aceleram as pessoas, o que significa que poderão aumentar o número de compras por impulso. Já as playlists que exibem músicas mais calmas fazem as pessoas agirem com mais vagar, olhar os produtos com tranquilidade e passar mais tempo dentro da loja.

Para fixar bem

Então: ao criar sua atmosfera de compra e utilizar-se do music branding, nunca se esqueça de levar em consideração alguns pontos importantes: o atual posicionamento de sua marca; o público-alvo que quer atingir; e os objetivos de vendas.

Analise esse três pontos detalhadamente, para finalmente definir qual o tipo de som deverá tocar dentro de seu varejo.

Para potencializar ainda mais a sua estratégia, fique por dentro de tudo o que acontece nas nossas redes sociais. Estamos no Facebook e também no Linkedin. Segue lá!

CTA-Rádio-Indoor